Beber água faz mal?

16.4.13
water


Noutro dia, estava com um amigo num pequeno take away, quando me confrontaram com o facto de que beber água afinal faz mal. "Faz mal ao coração, não hidrata a pele e também ganhamos peso, ao contrário do que pensam." 

Sendo eu, apologista da ingestão de 2 L diários de água, fiquei atónita com esta nova informação e sem nada a argumentar, pois não estava a perceber muito bem os fundamentos. Fiquei a remoer esta informação, li bastantes artigos, pesquisei aqui e ali e agora sim, já sou capaz de fundamentar os dois lados, as duas opiniões. Isto porque hoje em dia é muito fácil arranjar um estudo qualquer que comprove o ponto de vista que queremos apoiar.



Então afinal a água faz mal?


Não, não faz mal e sim, continuo a achar que devemos beber 2L de água. São 8 copos dos pequenos, 6 copos dos grandes. Não é quase nada. Com os restantes alimentos: sopas, sumos, legumes e fruta também ingerimos mais cerca de 1L.

Sim, também já li que não há nenhum estudo científico que mostre que esta é a quantidade necessária por cada pessoa. No entanto tem-se verificado que é a média. Porque dizem que faz mal? Quando estamos a falar de pessoas com o peso abaixo do normal, já entramos com maior facilidade no risco de intoxicação por excesso de água que poderá resultar num colapso que levará à morte. Mas para uma pessoa com o peso normal, este risco só se torna real quando ultrapassamos a fasquia dos 7L. Isto porque a água em excesso vai diminuir a concentração de vários elementos essenciais no organismo, entre eles o sódio, que regula a entrada e saída de água das células. Baixo valor de sódio no sangue leva a complicações a nível cardíaco, que poderá levar, inclusive, a falhas. Mas estas falhar seriam notadas antes a nível do cérebro, pois é onde se localizam as nossas células mais sensíveis e frágeis a quaisquer variação.

A água hidrata a pele, claro. Hidrata a nível celular, mas não é suficiente. Devemos também aplicar cremes, loções, óleos, com base gorda, que reponha os óleos essenciais e que promovam a reposição da camada protectora da pele, que se desgasta com larga facilidade, também devido a estarmos constantemente em contacto com água e sabões de limpeza que quebram as moléculas de gordura.

A água faz um bem tremendo ao sistema digestivo, ajuda a limpar o intestino. é absorvida ao nível do intestino delgado, vai para a corrente sanguínea e é excretado o excesso após filtragem nos rins. Regula o pH do corpo e ajuda na eliminação de toxinas.

images-9

A água não engorda, nem emagrece. Quando passamos muito tempo a beber muito pouca água, o que o corpo faz é absorver quase toda a água que existe, fazendo a tão conhecida retenção  de líquidos, aumentando o volume do corpo, por aumentar o volume de água nas células. Mas aqui fica claro que quanto mais água, menos esta situação acontece, pela menor necessidade de sobrevivência do corpo. Pois entende que tem água com fartura e que não lhe é necessário guardar mantimentos para o futuro.

Como li num artigo: a água é refrescante, ajuda no funcionamento do cérebro, mantém os níveis de energia, regula a temperatura do corpo, ajuda na digestão e mantém seu corpo saudável.

images-10

O essencial é beber água quando a sede surge. Fica a dica.

4 comentários:

  1. http://www.youtube.com/watch?v=5_SsSLoxrNk

    ResponderEliminar
  2. Adorei, Ju, excelente abordagem! E viva esse elemento magnífico que é a água!

    ResponderEliminar
  3. Grata Joana! :)
    Quando souberes de mais feirinhas bio avisa pf.

    ResponderEliminar

QUER SABER O QUE É NATUROPATIA? ESTÁ AQUI, TROCADO POR MIÚDOS.

A pertinência deste artigo deve-se, não só mas também, a ultimamente ter tido algumas conversas sobre Naturopatia e, apesar de na maior pa...

AddThis