Dicas que recebi de um terapeuta

7.11.13




Dicas que recebi do terapeuta Laurant Bordas.



ALGUMAS REGRAS PARA A ALIMENTAÇÂO

1. Comer em paz e com prazer.
2. Comer sentado e mastigar bem os alimentos.
3. Respeitar os ritmos alimentares, não saltar refeições.
4. Fazer 3 refeições equilibradas por dia.
5. Comer uma refeição ligeira ao jantar e não muito tarde.
6. Comer segundo o seu apetite e não por hábito ou sem fome.
7. Se tiver vontade de comer entre as refeições, coma frutos, frutos secos, iogurtes, alimentos fáceis de digerir. Evitar bebidas e sobretudo açucaradas durante as refeições. Se tiver que beber que seja água normal.
8. Dar preferência diariamente ao consumo de frutos e legumes.
9. Não misturar carne, peixe, ovos, com hidratos de carbono (arroz e outros cereais, batata, etc.)
10. As proteínas animais devem ser utilizadas com moderação.
11. Não misturar na mesma refeição peixe com carne e não misturar estes com lacticínios.
12. Não misturar proteína animal com proteína vegetal (leguminosas, tofu, seitan).
13. Limitar o consumo de alimentos ricos em açúcar (sobretudo os açucares rápidos, açúcar branco...), gorduras (de origem animal) e farinhas (pão, massas, tartes, salgados...).
14. Comer com moderação e equilíbrio, de acordo com as suas necessidades fisiológicas e psicológicas pontuais.
15. Desintoxicar o seu organismo sobretudo nas mudanças de estação e drenar regularmente o fígado.





UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS ALIMENTARES

Utilizar o mais possível, produtos biológicos, isentos de tratamentos químicos nocivos, sobretudo para os cereais pois os produtos tóxicos alojam-se na película da semente.
Comer sempre que possível produtos da estação que têm menos nitratos e são mais ricos em vitaminas e sais minerais.

Para cozer os alimentos, faça-os a vapor, cozidos ou estufados (máximo 90º) de modo que permita conservar o máximo de vitaminais e sais minerais.
Se possível, não pelar os legumes biológicos, salvo se eles tiverem produtos químicos. Lavá-los com uma escova vegetal.

Não utilizar panela de pressão onde a temperatura ultrapassa os 120º.
Não deixar demasiado tempo de molho, os vegetais (saladas...), salvo para fazer prevalecer os cereais e as leguminosas, o que as torna mais digestivas.




CONSUMIR DE PREFERÊNCIA

LEGUMES

Legumes frescos, de preferência biológicos ou sem produtos químicos: cenoura, nabo, feijão-verde, abóbora, curgete, beringela, rabanete, pepino, alface, agrião, alcachofra, beterraba, aipo, alho francês, espinafres, nabiças, grelos, couves, rama de cenoura e outros legumes de folha verde.


FRUTOS

Frutos frescos maduros, de preferência biológicos ou sem produtos químicos.
Frutos doces: maçãs, peras, bananas, ameixas, uvas, melancias, melões, figos.
Frutos meio ácidos: cerejas, alperces.
Frutos ácidos: laranjas, limões, toranjas, ananases, groselhas, framboesas, tomates, ameixas.
Frutos secos, previamente demolhados em água: ameixas, alperces, bananas, figos, passas, tâmaras, sementes de sésamo, pevides, sementes de girassol.

Nota: Comer de preferência frutos ao pequeno-almoço e entre as refeições. Fazer sumos de fruta com leite de arroz, aveia, amêndoa e mesmo com água.



BEBIDAS NATURAIS SEM EXCITANTES
Sumos de fruta, Chá de 3 anos (Kukicha), Chá verde, Tisanas.

ÓLEOS BIOLÓGICOS, 1a pressão a frio
Azeite, girassol, sésamo, colza.


CEREAIS EM GRÃO OU EM FLOCOS
Arroz integral, aveia, amaranto, cevada, centeio, millet, quinoa, trigo-sarraceno.



PRODUTOS DERIVADOS DE CEREAIS

Leite de arroz, aveia, cevada.
Geleias de arroz, cevada e outros.
Amasaké de arroz, de aveia, de millet (cremes doces derivados da fermentação do cereal).

PRODUTOS FERMENTADOS, DERIVADOS DE SOJA
Iogurte de soja, Miso, Tamari.


PRODUTOS LÁCTEOS
Iogurtes de ovelha e de cabra (0%).
Queijos e manteiga de cabra, queijo de ovelha, queijo fresco, requeijão.


PEIXES

Peixe pescado em alto mar (cada vez mais problemático devido aos metais pesados que existem no mar, provenientes da poluição e que intoxicam sobretudo os peixes grandes e gordos que encontramos no cimo da cadeia alimentar).


CARNES

Carnes brancas, galinha ou peru, de preferência biológicas ou criados no campo.



ALGAS MARINHAS

Wakamé, Hiziki, Nori, Kombu, Arame, Agar-Agar. A salada do pescador que é utilizada directamente sobre as saladas, legumes ou cereais. A maior parte das algas têm de ser demolhadas antes de serem cozinhadas. Usar pequenas quantidades às refeições.



GERMINADOS
Alfafa, Feno-grego, Agrião, Soja, Feijões, Lentilha verde, Trigo.


CONDIMENTOS
Miso, pasta de soja para juntar às sopas, fazer molhos...
Tamari, molho de soja para salgar legumes, cereais ou saladas.
Umeboshi, ameixa salgada para salgar legumes, cereais ou saladas.
Gomásio, sementes de sésamo e sal para pôr sobre legumes, cereais, saladas.
Sal de mesa integral, sal grosso não refinado.
Pólen e levedura de cerveja
Alho, Alecrim, Anis, Cebolinho, Coentros, Funcho, Hortelã, Manjerona, Orégãos, Tomilho...



EVITAR OU SUPRIMIR
Água da torneira.
Alimentos refinados: pão, farinha, açúcar, arroz branco, compota de fruta industrial, sal refinado. Leite de vaca, chocolate, cacau, chá preto, café com leite, café.
Queijos gordos e manteiga, sobretudo de vaca.
Margarinas.
Gorduras e óleos já utilizados.
Conservas.
Cereais não biológicos.
Grelhados de carne ou peixe sobre o carvão. Aconselha-se grelhar sobre pedra.
Carne vermelha - porco sobretudo, charcutaria e enchidos.
Carne branca de aviário.
Ovos industriais.
Peixe de viveiro ou congelado.
Frutos não maduros.
Frutos secos tratados.
Aperitivos salgados, açucarados ou doces.
Pimenta e molhos industriais, ketchup.
Bebidas industriais, gasosas, açucaradas, light, bebidas alcoólicas.



CONSELHOS GERAIS PARA AS 3 REFEIÇÕES

PEQUENO-ALMOÇO - comer de preferência frutos frescos e doces, misturados com frutos secos, iogurte e flocos. Estes devem ser integrais e de preferência biológicos. Também pode fazer batidos de banana e outros frutos com leite de arroz, aveia, amêndoa. Não misturar vários flocos ao mesmo tempo, nem frutos ácidos com frutos doces. Beber chá de 3 anos, chá verde, Roibos, tisanas.

ALMOÇO - sendo a principal refeição do dia deve-se comer sobretudo saladas, legumes cozidos, cereais, leguminosas. Se comer carne que seja de preferência branca e biológica. Se comer peixe que seja pescado em alto mar. Não misturar hidratos de carbono, (arroz ou outros ceriais, farinhas, massas, batatas) com carne ou peixe ou outra proteína animal.

Pode começar a refeição, sobretudo em tempo quente, com saladas de alface e cenoura, beterraba, curgete, nabo, estes ripados. Também pode usar outros legumes crus, tais como brócolos e couve-flor. Acompanhar com um molho.
Não comer frutos no fim das refeições. Se quiser uma sobremesa, procure uma maçã ou pêra cozida, um iogurte ou compota e uma tisana. Água quente com gotas de limão depois da refeição ajuda a digestão.

JANTAR - deve ser a refeição mais leve do dia. Prepare uma sopa simples ou um prato de legumes (por ex. cozidos a vapor e regados com um bom azeite biológico). Se necessário coma queijinho fresco e requeijão de cabra ou ovelha, com galetes de arroz, iogurte, compota. Faça por não comer farinhas á noite (pão, salgadinhos, bolos...)



Sem comentários:

Enviar um comentário

QUER SABER O QUE É NATUROPATIA? ESTÁ AQUI, TROCADO POR MIÚDOS.

A pertinência deste artigo deve-se, não só mas também, a ultimamente ter tido algumas conversas sobre Naturopatia e, apesar de na maior pa...

AddThis