Continuação ideias para o Natal

17.12.14
   
P


Chegámos a Dezembro, o mês das festas, jantares, Ceia de Natal e passagem de ano. Neste mês gastamos muito dinheiro e geramos bastante desperdício e um das principais razões para isso é a má gestão. Temos tendência para fazer compras de impulso, tanto em presentes como bens alimentares. Leia estas 10 dicas, que criei para a Refood Benfica, e veja o que consegue mudar no seu Natal para que seja mais sustentável.





6. Prefira produtos da estação. Inclua legumes, verduras e fruta da estação no seu menu de Natal, pois são bastante saborosos, têm preços mais baixos e as vitaminas necessárias para a estação. Em geral, esses produtos vêm de mais perto, não exigindo grande transporte, desta forma reduzindo perdas pela manipulação, gastos de combustível e poluição. 
6.     Dê preferência aos produtos regionais e nacionais. Assim estimulamos os negócios locais e do país, reduzimos os custos de transporte, sendo produtos normalmente mais baratos e ainda reduzimos a nossa contribuição para a poluição. 
7.     Sirva no prato somente o que vai comer, desta forma conseguirá aproveitas as sobras sem ter que deitar comida fora. Tal como sempre se usou na casa dos meus pais e avós: tudo o que vai para o prato tem que ser comido. Ponha no prato apenas a quantidade suficiente para aquela refeição.  É claro que na quadra Natalícia se cometem excessos por estarmos a celebrar em família, mas tente mesmo não deitar nada fora.
8.     Se mesmo planeando tiver sobras, aproveite-as. Aprenda a reciclar as sobras dos alimentos: faça sopa, empadões... Com arroz, purê de batatas, cenouras cozidas, carne assada ou o que restou do bacalhau cozido prepare deliciosos pastéis de bacalhau ou a conhecida “Roupa Velha”. 
9.     Reduza nos doces e fritos. Escolha algumas opções um pouco mais saudáveis ou reduza na abundancia de doces por pessoa. Aproveite para passar tempo com a sua família fazendo jogos e criando laços mais fortes.
10.  Lembre-se que o desperdício gerado todos os Natais representa um grande gasto para as famílias portuguesas que pode ser evitado.


Aproveite bem o Natal!

Sem comentários:

Enviar um comentário

QUER SABER O QUE É NATUROPATIA? ESTÁ AQUI, TROCADO POR MIÚDOS.

A pertinência deste artigo deve-se, não só mas também, a ultimamente ter tido algumas conversas sobre Naturopatia e, apesar de na maior pa...

AddThis