Dicas para melhor apanhar sol

25.7.15


Sempre que aparece o sol, parece que subitamente somos todos contagiados com a boa disposição, ao fim de contas, o nosso corpo pede sol, a nossa mente implora que o tom de pele saia da variação entre cor de papel de jornal e papel de impressora.
No entanto surge uma grande questão: será que todos sabemos como nos devemos comportar durante a exposição solar? Normalmente os maiores disparates são feitos em períodos de maior privação, isto no foro alimentar, penso que posso fazer este paralelismo.
Já todos sabemos a que horas não podemos apanhar sol, que devemos aplicar protetor em casa, que existem determinadas horas do dia que deveríamos estar sempre com uma t-shirt vestida ao sol. Mas quase ninguém toma as devidas precauções, ou então tomam-nas em excesso.
O que quero aqui frisar é que é bastante benéfico para a pele apanhar 10 minutos de sol diários todos os dias, mesmo sem protetor, para que seja mais eficaz o estímulo de produção de vitamina D, aumentando a absorção de cálcio no organismo. Portanto ficamos assim com os riscos de problemas ósseos com o passar dos anos, minimizado.
É mesmo bastante melhor estar ao sol um pouco todos os dias, do que repentinamente. 8 horas diárias durante os 5 dias de férias num paraíso, onde, por acaso, os raios UVA e UVB são normalmente mais fortes, onde a nossa pele nem teve tempo de produzir melanina suficiente para se proteger e evitar os escaldões.
Agora falando de dicas:
Use um filtro solar com factor de proteção de pelo menos 20. Evite o sol das 10h às 15h. E proteja-se com uma t-shirt ou chapéu, quando sentir o sol mais forte.
Vou começar a beber sumos de cenoura e a tomar vitamina A ainda sob a forma de carotenos, o que é inofensivo. A pele fica mais bonita, bronzeia com mais facilidade e mais resistente aos raios solares, prevenindo assim os escaldões.
Quem não gosta de cenouras, não se preocupe! As frutas e legumes de cor laranja, amarela e vermelha costumam ser ricos em betacarotenos, como a manga, pêssego, tomate e a beterraba!
Não se esqueçam de beber bastante água, passar hidratante e, algo que muitos se esquecem, esfoliar a pele para que o bronzeado fique homogéneo.
Sabia que a luz solar reflectida da água, areia ou neve, ou mesmo a que atravessa as nuvens num dia sem sol, é tão perigosa para a pele como a recebida diretamente?
Bons banhos de sol!
Desta vez, o que fazer no pós-solar?
Quando o mal está feito, porque não se conseguiram conter. Quando apanharam um pouco mais de sol do que deviam, tinham uma conversa muito agradável e acabaram por se distrair. Há sempre alguém que de repente repara: "Estás muito vermelha!" Ups. Pois é. Já está. O que fazemos agora?
Por mais que eu diga que não se deve apanhar sol em excesso, porque envelhece e ficamos cheios de rugas  (para não falar de problemas mais graves e sérios). Há sempre alguém (eu incluída) que quer ficar super moreno logo após a primeira exposição solar, ou na segunda, ou são muito branquinhos e o estar bronzeado é uma variação entre os tons rosa e caranguejo. Seja como for, a nossa pele não merece e ressente-se. Corremos inúmeros riscos desnecessários e ficamos com um bronzeado mais feio, porque a pele começa a cair e não fica homogéneo.
Para aliviar as dores das queimaduras solares devemos refrescar a pele, aplicar cremes frescos, fluidos ou em forma de gel. Um dos melhores que conheço é o gel de aloé vera (com, pelo menos, 20% de aloé vera), ou usando as próprias folhas do cacto (coloco-as no frigorífico para ficarem mais frescas). Costumo também fazer uma emulsão refrescante para aplicar após o banho com base de água floral de jasmim, óleo essencial de lavanda, óleo essencial de menta e óleo essencial de gerânio.
Tomar vitamina C e Vitamina E.
Ómega 3 – encontra em peixes gordos e linhaça – ajuda a reduzir a inflamação e estimula a cicatrização.
Mesmo quando não se apanha nenhum escaldão, devemos aplicar um creme/gel/óleo específico para o pós-solar. Pois costumam ter propriedades que prolongam o bronzeado, hidratam bem a pele e evitam que esta comece a "estalar".
Consulte o médico se sentir tonturas, tremuras, dores de cabeça, enjoo ou febre.
Bons bronzeados.

Sem comentários:

Enviar um comentário

QUER SABER O QUE É NATUROPATIA? ESTÁ AQUI, TROCADO POR MIÚDOS.

A pertinência deste artigo deve-se, não só mas também, a ultimamente ter tido algumas conversas sobre Naturopatia e, apesar de na maior pa...

AddThis